sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

2008, beijo não me liga!

O ano acabou e o Minha tia já dizia... anda numa vibe meio casa abandonada. De fato, essa época é delicada pras sobrinhas, sabe como é, aquela coisa toda... muito peru, champagne e emoções fortes... Então resolvemos deixar a tia descansando um pouco, coisa rápida, só pra dar tempo de a gente se acabar por aí.

Sobrinhas finas que somos, prometemos a todos um 2009 cheio de posts do mal, sempre destruindo ao próximo com charme e sinceridade, mostrando de uma vez por todas que, oi? feedback de cu é rola.

Aproveitando a oportunidade pra uma última piadinha, preciso contar que fiquei de quatro pelo pôster de esqueleto luminoso pra grudar na parede e aprender as partes do corpo que meu sobrinho ganhou do Noel ontem à noite. É cada coisa que inventam, num é?

Invejosa que sou, joguei no Google pra ver de qual loja virtual o bom velhinho tinha encomendado o MYMO em questão. Resultado? Caí no site do Ego e achei uma versão personalizada do brinquedo pra imprimir e guardar. IDÊNTICO! Confere:


Pôster Esqueleto Luminoso da Grow - R$ 29,90


Pôster Donatella Versace do Ego - R$ FREE

Gamey! E o melhor: TO-TAL-MEN-TE DE GRA-ÇA! Bora imprimir e colar na parede do filho alheio?! Já é!


- AS CRIANÇA ADORA!

sábado, 20 de dezembro de 2008

Querida NOVA,


Sim, a NOVA. A Cosmopolitam brasileira. Arevista que há mais tempo vêm perdendo o tempo das mulheres, e ensinando truques sexuais desde a década de 70. Sem falas nas capas MEDONHAS. Não sei a quanto tempo ela mantêm uma seçaão de perguntas&respostas sobre moda, mas como a moça me pareceu muito simpática, vamos nós mesmas responder - objetividade é tudo nessa vida.

Numa festa, a camisa dele tem que combinar com meu vestido?

Nossa, Demi Moore, muito prazer em te conhecer. Admiro muito suas escolhas de marido, viu?


Posso usar roupa de academia o dia inteiro?

NÃO. E ew. Você vai na academia, sua, e depois pensa em fazer *qualquer* outra coisa que não é ir pra casa tomar um banho e trocar de roupa? Ew.

Ou você simplesmente quer usar sua calça molecotom na rua? EW EW EW.


Blusa de manga longa combina com sandália?

Depende. É inverno aí em cima e verão aí embaixo?


Sou baixinha e tenho pernas grossas. Dá para vestir short de alfaitaria?

NÃOOOOOOOOOOOOOOOO!!


Camisola branca transparente sobre calça jeans dá certo?

Com calça jeans eu não sei, mas camisola branca transparente fica *ótima* dentro de casa. 


Com que roupa vou a um primeiro encontro? Tenho os seios grandes, a barriga sequinha e comumente uso decotes.

Fala a verdade. Você escreveu esse email só para se exibir, não?


Qual o comprimento ideal de blusa para usar com calça legging?

...I thought we were over this. Legginf is completely off-limits!


Acabei de comprar uma macrobolsa maravilhosa, muito fashion. O problema é que não trabalho fora, sou dona-de-casa e não sei o que colocar dentro dela! Gostaria de algumas idéias de coisas práticas para o dia-a-dia para preenchê-la.

....WORK WITH ME PEOPLE! Se você não tem tranqueira suficiente pra encher uma maxibag, não compre uma maxibag! Isso é tão típico de alguém que lê NOVA que eu nem sei o quê dizer. Porque a revista falou que maxibag tá na moda, você corre pra Renner e compra uma? Affe. Mas tudo bem, a ELLE desse mês me contou que a moda agora são as mini carteiras, então você está a salvo pelo menos até a próxima temporada.


Tenho uma saia cigana na cor laranja e gostaria de saber se posso usá-la com uma bata também na cor laranja. Tenho 15 anos, 1,70 metro de altura e 53 quilos.

Ok, primeirante, eu vou ser legal e aceitar que você realmente tem 1,70 e 53Kg. Mas, se você tem 15 anos, QUE DIABOS VOCÊ ESTÁ FAZENDO LENDO A NOVA? Volte pra  Capricho, por favor. Tem tanto sexo lá quando na NOVA, mas pelo menos dá pra ver direito as roupas nos editorais. Eu espero!

Love, 
Titia.




quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Escola Danielle Winits de Mal Gosto


O meu maior medo está se tornando realidade. Danielle Winits está virando trendsetter:

Para quem não reconheceu (eu precisei da legenda) essa é a Daniela Escobar, sem seu delineador à lá Penelope Cruz em "Fala com Ela" (alías, Daniela começou com essa antes de Penélope, hein! Deve ter inspirado a Amy também), e por algum motivo, estragando um vestido perfeitamente legalzinho com essas botas. Onde foram parar os peet-toes, gente?! Não sei, parece que ela saiu de casa sem vontade, e só de raiva não se maquiou e colocou essas botas só pra mostrar que não queria estar lá.

E, falando abertamente, esse vestido está mega sem graça. Essas manas de senhora de meia-idade e esse comprimento... realmente ela estava mais afim de ficar em casa vendo chick-flicks na Foz Life. Certeza.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

I just can't get you of my head (sadly)

Ta aí a prova de que o nosso post sobre estampas florais não foi à tôa:


Precisa de comentários?

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Any excuse to use this line again:


"Flowers? For spring? Ground breaking."

Por mais que Miranda Priestley resista, não exite temporada primavera/verão sem flores. Não sou das dez mais fãs, mas tenho um vestido de verão no armário com tema florido - pelo menos ele é preto. Pensando nisso, um dos blogs que eu mais gosto, The Glam Guide,  acabou de publicar esse post, Florals 101, sobre como usar estampas floridas sem parecer com o sofá da vovó ou a Tia  Almerinda. 



De quebra, ainda mostra algumas coisas muito legais dessa temporada, como esse vestido da Moschino Cheap & Chic ($495 - barato, considerado que é Moschino, caro, considerando a minha conta bancária).


Mãe, já escolheu meu presente de Natal? *nudge, nudge, wink, wink*

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Vovô e eu

O mundo anda estranho. Neguinho cagando euro de tanto gravar filme e com umas modinhas cafonas da porra. Mentaliza chapéu vibe camurça e bigode, depois me diz, quem veste essa gente? Nunca pensei que o finado Vô Carlinhos ditaria moda em pleno 2008. Só hoje olhando uns sites de relance encontrei duas peças de museu trendy da série "meu avô já usava...":

Cadê meu cigarro de palha?

Uma moedinha para minha linda netinha!

NOT!

Perfect Storm of the bad outfits

Lembram quando a Anne Hathaway terminou com seu namorado italiano de três anos que atualmente se encontra trás das grades por fraude e outras cositas? Bem na época da estréia de Agente 86? E ela apareceu em todos os tapetes vermelhos absolutamente linda, com roupas maravilhosas, fazendo com que todo mundo a declarasse a nova it girl? E quando ela foi no David Letterman contar que resolveu ser mais saudável, "so I quit smoking, and drinking, and I also gave up meat, and fish, and fun." ? *hearts her*

Era de esperar então, que alguém que está planejando seu feliz casamento teria ainda mais facilidade em sair por aí *arrasando*, certo?

WRONG.

Eu não sei bem o que houve, mas é como se a Scarlet Johhjsdcsc decidisse que, agora que está noiva, pode sair por aí de qualquer jeito. Quer dizer....
...o que é isso, exatamente? O corte dos vestidos não é ruim, mas vamos combinar que Scarlet não tem a mesma habilidade para transformar cortinas em vestidos que sua xará Scarlet O'hara e Fräulein Maria. Essa estampa tem muito a cara de toalha de mesa do mercado da esquina. E esses sapatos? Se o vestido fosse liso, ainda vá lá.... e esse cardigã de vovó por cima de um vestido perfeitamente lindo? No cinto Abigail Lorick ela acertou, mas parece que Scarlet anda hell bent em estragar suas produções.


E essa maquiagem...? As sobrancelhas dela sempre tiveram esse formato? Não sei, a Scarlet é linda, mas nessa fotos ela parece apenas... bonitinha. Todas as fotos são de pré-estréias de The Spirit, bytheway, inclusive esse outro modelito:








I mean, what the fucking hell, right? Quem é a personal stylist dessa menina? Patty Field on acid? Não tem absolutamente nada nessa roupa que faça sentido. A saia é horrenda, meio estampa de vaquinha gone terribly wrong, a blusa de renda por baixo da regata... se eu fosse ela, jamais posaria para fotos do lado da Paz Vega e da Eva Mendes, que estão lindas de morrer (ok, a Eva está linda de morrer, a Paz Vega poderia ter escolhido uma maquiagem diferente e um cabelo menos "mãe, solta as trancinhas!". E esse vestido, sei lá, achei meio blah)



Continuando no train wreck da Scarlet:








Ok, primeiro que um das duas olhou a previsão do tempo errada. Segundo que lá vem o cardigã da vovó de novo. E meia calça fio 80 na mesma cor da blusa? E o que levou ela a repetir o modelo de saia? Essa é pior ainda, porque é meio rodada, e sinceramente, parece uma daquelas capinhas de bujão de gás que as nossas tias-avós costumam ter em casa. E esse cabelinho escorrido, nem ao menos um singelo colar no pescoço... a pose da Eva Mendes diz tudo. É como se ela estivesse dizendo "Don't I look awesome? And Scarlet is *really* helping me. Best dressed list, here I come, weee!"



Sei não. Acho que Ms. Joghgfdk está tentando nos dizer alguma... seria um pedido de ajuda? "Me precipitei a decidir casar? QueRo o Josh Hartnett de volta? Eu não tinha tido que monogamia não é pra mim, alguns meses atrás? O QUE EU ESTOU FAZENDO DA MINHA VIDAAA?"



Acho que filmar "He's just not *that* into you" não fez muito bem pra ela não.







**Estamos tentando consertar a foto lá de cima. Mas é só clicar em cima que ela abre inteira em outra aba *fails at html*

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Momento desabafo


Poucas coisas são tão Danielle Winnits/Lisa Rinna quanto estampa de oncinha. Nada é mais óbvio também. E brega. É praticamente sair de casa gritando: "LOOK AT ME! ME ME ME! SEE HOW SEXY AND EASY I AM!"

Duvida?


Adicionar vídeo




Deu, né? Então gente. Eu sei que é difícil largar certos hábitos, mas se você é viciada em estampa de oncinha, faça uma força aí. E caso não seja, apenas ache.. hum.. bonitinho, deixa a Tia dar um conselho. NÃO USE mini vestidos de cetim com estampa de oncinha em uma festa anos 80 - sim, eu *sei* que é no Absinto, mas é anos 80, p****! Dá pra fingir que foi pela música? 

E minha última súplica: NÃO USE uma bata de oncinha quando for assistir jogo de futebol num bar, ok? NÃO ROLA.

Sorry for the rant, mas duas vezes no mesmo fim-de-semana não dá! (três, na verdade, já que tinha não uma, mas duas meninas assim no sábado....que eu vi.)





ps: falando em jogo, Paulo Baier, custava dar uma alegria pro seu pai? Considere-se deserdado!!

sábado, 6 de dezembro de 2008

Mais dicas da Tia

Fim de ano = mil formaturas + natal = déficit financeiro e muitos neurônios queimados tentando achar o presente adequado. Sem falar nas bolhas dos pés, depois de torrar no sol nesse inferno conhecido como verão (desculpa, gente, mas nada nesse mundo vai fazer eu gostar de verão).
E como nós somos pessoas legais, fica a dica de vários sites que vendem coisas super legais a um preço razóavel, e o mlehor - você não precisa se afastar do ar-condicionado!




#Beauty n'business (porque propaganda é a alma do negócio): Mygusha promovendo o desapego, com apoio da Holly. Altas maquiagens (Clinque, ELF, Lâncome, NYX e por aí vai) e também livros, a preços bem bacaninhas. Ajude a gente a sair do vermelho! =D

#Bazar Las Chicas de Ayer: direto de St. Mary o mundo. Bolsas, camisetas, vestidos, bottons, lenços e o que mais você imaginar. Alías, estamos aceitando presente de natal das Chicas, todas as coisas delas são muito lindas.  E a Holly já tá sijogando nos bottoms da Amy Winehouse e do Obama.

#Amélie Bolsas e Camisetas: como o próprio nome diz, bolsas e camisetas. Tem Audrey Hepburn, Marylin Monroe, Kate Perry (I'm sorry, but ew), Al Capone e Freud. Estou ensaiando pra comprar mil bolsas de lá há eras. 

#Sara Bolseira: a menina mais fofa da internet. E além de ser mega querida, a Sara ainda tem coisas lindas - Miuxapop ganhou um ecobag de gatinho (l-i-n-d-a), e Holly comprou um envelopão acolchoado para o Neville (a.k.a, seu notebook). Agora ela está com uma série nova só de Natal. E se quiser alguma coisa personalizada, ela faz na boa.

# O Breshop: pra quem gosta da Victoria's Secret, o breshop tem vários kits, camisolas e similares.

#Los Bis Attitude Clothing: camisetas, muito camisetas, e de altíssima qualidade. To namorando faz tempo.

#E-closet: o-closet tá aqui só pra descargo de consciência. É umas das lojas virtuais mais conhecidas do Brasil, e eles realmente vendem coisas muito legais. Então, se você está podendo pagar R$1.148,00 por uma sandália Paula Ferber, sijoga.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Uma rodada de SEBRAE pra galera


Eu realmente acho a Hillary Duff linda de morrer. L-I-N-D-A do tipo que dói só de olhar e pensar que (definitivamente) não nasci da mesma fôrma de bolo que ela.

Beijomeinveja!

Agora... vamcombinar? Isso não dá a ela certos direitos.

Curso Aprender a Empreender do SEBRAE? Oba, tô dentro!

Sair da aula de ginástica e não trocar a regata de viscolycra, ok, vá la... vai que ela tava com pressa, né?! Agora... calcula comigo: manter regata de malhação + usar cinta da Sheeha + cortar um circulo de tecido em 5 toalhas cinza de centro de mesa da vovó sobrepostas pra fazer de saia = NUM ROLA. Haja espírito empreendedor de que inventou uma merda dessas!

The poor man's Bai Ling


A cada dia que passa, a Danielle Winits dá mais um passo para se tornar para nós o que a Bai Ling é para o Go Fug Yourself. Até hoje não vi nenhuma foto dessa moça em que ela esteja razoalvemente bem vestida. Decotes demais, rasgos demais, chapéus grandes demais, botas de cowboy com franjas, tiaras na testa e por aí vai...

Mas nada supera essa notícia: 

A atriz Danielle Winits definitivamente está longe de fazer o tipo “felina”, pelo menos no que diz respeito ao uso de lingeries. Acontece que Dani não é muito fã das peças íntimas que trazem estampas de animais como onças e zebras: “Escolho minha lingerie pelo conforto e sempre opto pelos modelos básicos. Não sou fã de estampas, gosto de modelos sofisticados e acho que podemos ser chiques sem sermos vulgares”, comentou.


hahahahhahahaha!! haha hehehe, ok ok já vai passar... hahhahahha! DELZ. Eu to *morrendo* aqui. Danielle Winits acha que a gente pode ser chique sem ser vulgar? Sei não, mas to achando que Dani tá dando uma de China e USA no World Bank e trocando o significado das palavras [/inside joke]. Certo que ela quis dizer que a gente pode ser vulgar sem ser chique, e na hora deu tilt no cérebro.

Mas, vendo por outro ângulo, talvez ela tenha razão:




Afinal, pra quê se preocupar com coisas que você não usa?

Meu único consolo é que Dani não é Katie (Kate?) Holmes, porque imagina se a moda dessa tiara na testa pega por aí? *medo*



ah! fonte? EGO, claro.


quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

You know you hate me, xoxo


Não faz muito tempo, já escrevemos aqui no blógue sobre a importância de usar roupas que combinam com você. É um exercício difícil, eu sei. Exige um minímo de auto-reflexão e considerações a respeito da vida, o universo e tudo o mais, algo que eu realmente não espero de alguém que participou de um BBB. 

Mas aí se achar a Blair Waldorf, é demais pra mim.




E mais uma vez, a redação do Ego é a cereja do bolo: "Sabrina acertou com  ar mais comportado que o vestido lhe deu". Ah, tá. Me desculpem, mas não há vestido nesse mundo que vai conseguir dar um ar comportado à Sabrina Sato. Não adianta nada roubar a roupa de Blair e depois que entrar na festa começar a virar garrafa de cerveja, bebendo, caindo e levantando. Sabrina, amiga, se você quer tanto ser a Blair, sijoga aqui e tenta aprender. Se você aprender, prometo relevar esse bicho preto na cabeça e essa pose de "opa, tô bêbada".


She thinks she can be me? Bitch, please!

Oi?


Você sabe quem é Samantha Schmütz? Nem eu. O Google me contou que ela é uma atriz brasileira, mas vamos combinar nada desse mundo é mais genérico que "atriz brasileira". Julgando por essa foto, eu diria que ela é alguma mulher-fruta, mas na verdade ela apareceu em uma peça chamada "O Surto" (oi?) em 2004, e fez tanto sucesso que foi convidada pra fazer imitações no Faustão e participar do Zorra Total [/american dream].

Mas pelo visto, ele é importante o suficiente pra estar no palco do prêmio Extra - do qual eu também nunca tinha ouvido falar e desisti de querer saber mais depois que descobri que o Stênio Garcia perdeu o prêmio de melhor ator coadjuvante para o Cauã Fucking Raymond. Tipos que eu não tenho a miníma idéia de que papel o Stênio Garcia está fazendo em que programa, mas Cauã Raymond ganhar prêmio? Só falta me contarem agora que a Marina Ximenes ganhou alguma coisa pelo papel da Lara. Morro.

ANYWAY. Nossa amiga Samantha Schmütz subiu assim ao palco do "prêmio" Extra:


Que diabos é isso?! Camponesa gone wild? Milkmaid do bairro da luz vermelha? Não. Nada disso. Segundo o Ego (sempre ele),  Samantha incorporou "visual à la Amy Winehouse".

EXCUSE ME? Visual Amy Winehouse?! Perá lá. PO PARA COM O PO. Amy usa um tubo de delineador por dia, uma colméia de abelha na cabeça, várias doses de BAD IDEA e  toda e qualquer substância licíta e ilícita que você oferecer, mas Amy jamais - JAMAIS - vai sair por aí com um par de gladiadoras nos pés. Tudo nessa vida nem limite, né? Sem falar nesse cinto de prástico. Ew.

Dust off your fuck me pumps, Samantha.




*perdeu a piada? aqui ó: amy winehouse - fuck me pumps.


quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Doompa, doompa, doompa dee doo

Eu sempre me considerei uma criança bem feliz, cheia de idéias e brincadeiras solitárias mirabolantes. Passava tardes travestida de francesa, falando sozinha palavras inventadas e jogando tênis com a parede da garagem - na minha cabeça eu era uma competidora profissional participando de campeonatos no Brasil. Também virava a bicicleta de cabeça pra baixo e "transformava" ela numa máquina de doces, sim, era só girar os pedais e plim, doces caiam na mão de quem estivesse por perto. Ok! Essa última brincadeira virou favorita depois que assisti pela 1a vez á Fantástica Fabrica de Chocolates. Me apaixonei pela história do Charlie e seu avô.

Na foto, Oompa Loompas mostrando que capricham no look terracota

Esse filme mora no meu coração desde então. Anos atrás surgiu a nova versão, mais colorida e menos engraçada. Não gostei muito, confesso, mas relembrar é viver e valeu os R$ 3,00 da locadora de dvd na época. O filme perdeu um pouco da poesia, mas ganhou o Johnny Depp como Willy Wonka e vamcombinar que por trás daquele pó iluminador todo e do cabelinho Donatela ele ainda é O Johnny Depp.

Zé Bob, cadê você?

No entanto, seja na primeira versão ou na segunda, algo sempre me inquietou: eu sabia que era um filme e que NUNCA encontraria o cupom dourado.

ATÉ... HOJE.

I found! I found the golden ticket!

Tks, Nicole! <3

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Give me FIERCE!


That's right, bitches. I can pull this off, and you can't.

Eu tenho a impressão de que a Cláudia Raia é uma das atrizes brasileiras mais invejadas por outras atrizes/modelos/apresentadora/uárever. Ela parece sempre estar na melhor fase da vida. Sempre feliz, sempre bonita, com suas pernas de matar e seu casamento feliz e estável. Sem falar na postura mais perfeita que eu já vi. E ainda por cima, ela consegue usar roupas que muitas guriazinhas por aí tentam e falham de uma maneira épica. O caimento do vestido é perfeito, os babados anulam o tédio que a cor poderia trazer e tiram aquele ar de "loja de departamento fina" que a maioria das roupas das celebridades brasileiras têm. Não estaria fora de lugar num red carpet em L.A. 


E ainda tem o mérito de fazer com que a gente nem note a camisa "garçom de restaurante chinês" do Celulari. 

Hoje é o seu dia, que dia mais feliz!


Angélica: weeeeeeeeee!!

Guarda-costas (?): Hum... dona...

Angélica: Gente, todo o projac veio pro meu aniversário! Vai ser a melhor festa do ano!

Guarda-costas: Dona Angélica. Dona Angélica!

Angélca: A gente vai cantar e dançar, e vai ser tudo tão LINDO!

Guarda-costas: Dona Angélica, POR FAVOR! Vamos embora antes que eu alguém fotogr - dona Angélica! 

*Angélica corre para abraçar Fernandinha Rodrigues*

Guarda-costas: Com todo esse dinheiro e ela ainda sai de casa de toalha de banho. Eu desisto de tentar ajudar.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Se essa rua Se essa rua fosse minha
























Já que a gente acabou de falar da 25 de Março, mais uma dica pra quem tem a sorte de morar em São Paulo ou está planejando visitar a cidade no fim de ano. A NOVA resolveu fazer algo que presta e criou três roteiros de compras na 25 de março: criativo, descolado, e vantajoso. Si joga que vale a pena =)

Finíssimo



Se tem um evento pelo qual eu espero ansiosamente, é  a Garden Party da humm... socialite.. Christina Queiroz, realizado - onde mais? - em Brasília e coberto pela Caras. Todo mês de setembro é a mesma coisa. As vipíssimas convidadas e sua anfitriã entram no clima da festa - uma homenagem à obra clássica de Fiztgerald, "O Grande Gatsby". 

Ou seja: loucura loucura loucura e chapéus muito chiques. 

Ou deveria ser essa a idéia. 

Primeiro que "um show privé do conjunto da Jovem Guarda Golden Boys" e "uma pista de dança iluminada e canhões de luz"? Hum, Jovem Guarda toca Jazz agora? Bom saber. E os modelitos da selecionadíssimas convidadas? (e falando nisso, porque só mulheres? Garanto que nem Gastby nem Daisy Buchanan achariam graça nessa festa)

A moça do lado direito é a própria anfitriã. Logo vê-se que a linha que separa os anos 20 dos anos 50 não está muito clara para ela não. Já a moça do meio... hum... a) foi mal na escolha da cor e b) mas foi pior ainda no quesito roupas-que-favorecem-o-seu-corpo. Nada temos pra falar da vó do lado esquerdo, porque ela foi a única que entendeu o tema da festa.


Medo? Sim.


É tão óbvio que essa festa é brasileira que dá até vergonha.


Só porque a Natalie Portman fica linda de babado, não quer dizer que *todas* nós ficamos também. 


"Festa vipíssima em Brasília? Mas eu tava indo pegar um sol em Torres!"


*brain explodes*


Sério. Até mesmo Greek fez uma festa Great Gastsby melhor. E foi na tv. 



"Wait, we're out of champagne?"

Finíssimo

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Dica da Tia


Essa é só pra olhar mesmo - a não ser, é claro, que você tenha o costume de fazer suas compras em São Paulo na Faria Lima e não na 25 de março, como essa que vos fala. 

No meio de tantas marcas, maisons, revistas  e desfiles, fica dificíl separar o que é *tendência*, moda, alta-costura, ou champagne demais na hora de criar as coleções. Tudo depende do gosto, é claro. Vejo um horror de meninas por aí com óculos de sol gigantescos com um D&G ainda maior incrustado nas laterais - elas devem achar bonito, eu acho a maioria das coisas da  D&G over e de mau-gosto (como se eu tivesse dinheiros pra comprar, mas tudo bem). Mas olhar não tira pedaço do bolso, e ainda por cima pode nos dar uma mão na hora de montar nossa armário - e hey, costureiras estão aí pra isso.

Fica a dica então, de duas estilistas, uma americana e outra brasileira, que tem muito em comum. Ambas criam roupas leves e elegantes para mulheres que, na definição das próprias - gostam de se vestir e de sentir bem. Este é o grande mote delas - moda não para CAUSAR (hello there Tom Ford ads) mas para quem tem mais sais e vestidos do que calças jeans dentro do armário (desculpa gente, mas calça jeans é coisa de top model que se cansa de usar Valentino o dia inteiro).

A Abigial Lorick - que quem assiste GG* já conhece e AMA - é um modelo americana que decidiu criar a própria marca: Lorick Lady. Que é simplesmente a coisa mais fofa e elegante e linda da face da terra. A Lorick, inclusive, é nossa musa. Dou as duas mãos por um chá das 17h com ela, e se jogar esse vestido de brinde então, credo:


Death by cuteness.

Já a Fillity não é uma marca tão nova assim: está completando 20 anos em 2008 *throws confetti*. A fundadora e responsável pelas coleções é a ex-psicóloga e estilista Esperança Dabbur. Na L'Officiel do mês passado (que tem a Deborah Secco na capa, what the fuck?) tem uma entrevista muito legal com ela. Recomendo. E recomendo também dar uma passada no site (da Lorick também, claro) pra conferir a coleção nova. Tá de morrer. 


Simples e chique. A moda não tem que ser tão complicada assim. 



*GG: se você ainda não sabe que GG é abreviatura para Gossip Girl, o que você está fazendo nesse blógue?? Ok, brincadeira.  Mas sério, GG pode ser divorciada da realidade como qualquer série adolescente, mas é mais chique de todas.

Direto do túnel do tempo...

Posso até ser meio cega e meio surda, mas se tem uma coisa nesse corpo que funciona é a minha MEMÓRIA. Aí que site vai, site vem... encontrei essa foto da Joey Katie Holmes envolta numa saia grunge digna de minha irmã mais velha numa sexta de DCE em 1991.

Bora ouvir Nirvana na Catacumba!?

Ok. Só que, olhando beeem, aquela saia não era só de propriedade da minha irmã. Eis que surgiu o insight: Angela Chase, 1994, Jordan-fuck-me-hard-Catalano.

Se vc achava a Joey pé-no-saco, vc não me conheceu! Beijo!

Isso só prova que a Claire Danes sempre esteve à frente de Katie Holmes, num é!?

Afinal, calcula comigo: se a Angela era chata em 94, Joey só surgiu em 98. Se Claire já era grunge em 94, Katie só assimilou em 2008. E se tirou uma casca bárbara do Jared Leto em 94, só sobrou pra Katie o Tom Cruise de 2005, que vamos combinar, deixou de ser alguém na noite lá por meados de 2002. Isso pra não falar no karma que deve ter sido beijar o Dawson...

Run Joey Run!

domingo, 23 de novembro de 2008

Como destruir uma boa idéia:


Uma das coisas mais importantes que se deve levar em conta na hora de escolher uma roupa - e que as pessoas esqeucem muito facilmente - é que a roupa tem que combinar com você. Não adianta eu sair por aí de calça skinny e botas por cima da calça que não vai colar. A idéia pode até ser boa, mas se a roupa não tem nada a ver com você, o resultado fica muito estranho. 

Por isso eu pergunto: no que diabos a Vanessa Camargo estava pensando quando saiu de casa assim?
 

Não estou dizendo que o vestido não seja bonito, e chiquetérrimo. Eu usaria (embora gostaria que o vestido tivesse um decote - não dá pra todo mundo ser a Hillary Swank). Mas o meu armário consiste basicamente de vestidos, saias e meias-calças fio 40.  Algo que me diz que esse não é o caso da Vanessa. Ela parece mais uma senhora de meia idade indo dormir na ópera do que uma ...er... cantora pop, sertaneja, româtica? 

Sem falar que não gostei nem um pouco deste coque de cabelo. Talvez seja o ângulo, mas parece algo que eu e mais 500 meninas usamos no Carnaval de 1998 (Peraê, peraê, peraê, tá pensando o quê, tá pensando o quê?). 


E ainda na série  "humm...", temos a Camila Pitanga:


Huum... I don't know, o que vocês me dizem? No geral, a idéia também não é má. Vestido coktail com sapato peep-toe? Adoro. Bolsa-carteira? Bocejo, mas fazer o quê? Blazer desestruturado? Muito chique. Tudo isso junto? Huum.... primeiro que a estampa desse vestido parece mais papel de presente, e esse laço não está ajudando. Nem um pouco. E esse blazer-smoking por cima....ficaria melhor sem nada, ou então com um casaquinho mais curto. E desculpa, mas essa maquiagem e esse cabelo preso tem cara de "puta que pariu esqueci desse evento e agora tenho cinco minutos pra sair de casa". Ainda mais considerando a falta de brinco e uma pulseirinha qualquer. 

Boas idéias, má execução.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Tchau, chics!


Por algum motivo, eu nunca consigui simpatizar com a Gloria Kalil. Amo a Constanza Pascolato - inclusive tenho o livro "O Essencial" dela como objeto de decoração e "dicionário" de VIDA. Mas a Glória Kalil nunca me desceu. Nem mesmo do título dos livros dela eu gosto. "Alô, Chics!"? What the hell? Mau gosto for the win. 

E hoje, procrastinando na aula de direito empresarial - a última aula em que eu deveria estar fazendo isso, considerando o meu vasto conhecimento na área - eu esbarro com uma coluna dela comentando "Corpos perfeitos (e outros nem tanto) na Victoria's Secret", com direito a fotos com mega close-up:

A gente já falou do corpo estonteante que a top brasileira Alessandra Ambrosio tem exibido por aí, pós-gravidez. Pois ela mostrou toda sua exuberância ontem (17.11), no desfile da Victoria's Secret, que aconteceu em Miami.

Escultural também é o corpo de Izabel Goulart, que mostrou ser possível existir uma mulher sem nenhuma - nenhuma mesmo! - celulite no bumbum. 

Agora, como nem tudo é perfeito, veja de perto os defeitinhos de Heidi Klum e da sempre polêmica Karolina Kurkova! 

Me admira muito que a Glória Kalil, uma 'expert' em moda e elegância, venha escrever sobre um tema digno da Contigo! e similares. Desde quando ter corpo de modelo é requisito para ser elegante, se vestir bem, ter auto-estima?E desde quando é possível não ter CELULITE NENHUMA? Ah, claro que é. É só você ser uma modelo internacional que ganha milhões por um passo e pode pagar todos os cremes, vitaminas, injeções e o raio que o parta possíveis - sem falar na fome. 

Quero ver é ela repetir isso na praia, de biquíni. Ora pombas. E "veja de perto os defeitinhos" da Heide Klum - mãe de dois filhos e uma das modelos mais bem pagas do mundo - e da "sempre polêmica" Karolina Kurkova? Se saber que não é preciso passar fome para ser (e se sentir) bonita, todas nós aqui somos o cúmulo da polêmica.

Mau gosto, mau gosto, mau gosto. 




quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Claro Rio Summer abalô!

Tava eu num desses momentos ocupadíssimos da vida lendo artigos num site de moda. Eis que surge uma notícia com a seguinte chamada "Claro Rio Summer mostrou SÓ o que o verão brasileiro reserva de bom". Opa, adoro o melhor do verão, então né?! Bora conferir juntos?





.
.
.


Conclusões:

1) Previsão do tempo: pancadas de chuva ad infinitum em TODO O LITORAL do país;

2) E o PIOR desse verão, hein, gente? O que vai ser?